Ageman fiscaliza tamanho de vagas do Zona Azul no Centro

Fiscais da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) estiveram no Centro de Manaus na manhã desta quarta-feira, 4 de janeiro, realizando uma vistoria nas vagas do serviço Zona Azul.

A fiscalização se concentrou nas ruas Henrique Martins, Barroso e Joaquim Sarmento. Nas três localidades, os fiscais realizaram a conferência do tamanho das vagas destinadas aos veículos para verificar se os espaços estão em conformidade com o que determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o qual orienta 2,20m x 4,50m para veículos pequenos, 2,50m x 5,00m para veículos de médio porte e 2,50m x 5,50m para veículos de grande porte.

“Recebemos algumas reclamações de usuários a respeito do tamanho das vagas nesse trecho da Henrique Martins que nesta época do ano está bastante procurado por causa da localização das livrarias, onde os pais estão indo comprar o material escolar. Em um primeiro levantamento verificamos que a empresa fez a correção de algumas medidas, no entanto, ainda restam algumas modificações que vamos cobrar da concessionária novamente”, afirmou João Lourenço, chefe da Divisão de Planejamento Gestão do Transporte Público Urbano, Controle e Fiscalização Técnico-Operacional da Ageman.

Além da não-conformidade no tamanho de algumas vagas, a fiscalização identificou a necessidade de reforçar a pintura com a numeração das vagas em diversos trechos, a ausência de sinalização horizontal nas vagas destinadas aos taxistas e nas áreas de embarque e desembarque.

As observações referentes à sinalização de trânsito serão encaminhadas ao Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) para que o órgão tome as providências cabíveis.

A fiscalização também ouviu os usuários a respeito da qualidade do serviço e recebeu sugestões de melhorias que deverão ser compartilhadas com a concessionária, como forma de garantir mais segurança durante a manobra dos veículos de grande porte nas vias mais estreitas do Centro.

Nova tarifa em vigor desde o dia 2

Desde a última segunda-feira (2), o serviço Zona Azul passou a operar com o valor de R$ 3,50 a hora. Cada usuário pode permanecer na mesma vaga por um período máximo de três horas.

Implantado em 2018, o serviço público de Estacionamento Rotativo Pago Zona Azul passou a ser regulado e fiscalizado pela Ageman em 2019, com a publicação do decreto municipal nº 4.399, de 3 de maio de 2019.

Atualmente, o serviço oferta 5.397 vagas, sendo 3.863 vagas na área central de Manaus e outras 1.534 no conjunto Vieiralves, zona Centro-Sul da capital. Em breve, outras áreas comerciais da cidade deverão ser contempladas com a expansão do serviço.

O serviço é realizado pela empresa Consórcio Amazônia, Tecnologia de Trânsito da Amazônia SPE – Ltda, detentora da outorga do serviço, conforme contrato nº 014/2015 – celebrado com o município de Manaus.

Os créditos podem ser adquiridos por meio do aplicativo Zona Azul Manaus, site www.zamanaus.com.br nos postos de venda autorizados ou ainda com os monitores.

A atividade de regulação junto ao contrato de concessão do referido serviço tem possibilitado melhorias aos mais de 123 mil usuários que utilizam o Zona Azul mensalmente, além de garantir melhor fluidez no trânsito de Manaus e segurança jurídica ao poder concedente (Prefeitura de Manaus).

O motorista que não utiliza o Zona Azul de forma correta, está sujeito a pagar R$ 11,94 pela irregularidade, sofrer multa de R$ 195,23, perder 5 pontos na carteira e ter o veículo removido.

Texto: Tereza Teófilo – Ageman

Fotos: Divulgação Ageman

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *